Caetano Veloso processa MBL e Alexandre Frota após ser chamado de pedófilo

O cantor Caetano Veloso e a empresária Paula Lavigne estão processando o Movimento Brasil Livre (MBL) e o ator Alexandre Frota, após postagens em redes sociais que acusavam o baiano de pedofilia. Caetano iniciou seu relacionamento com Paula Lavigne quando eles tinham 40 e 13 anos, respectivamente. 

A ação foi apresentada à Justiça no último dia 10, segundo informações da Folha de S. Paulo, e pede R$ 100 mil de indenização para cada um. “O processo é de indenização, e diz respeito aos ataques e às ofensas que essa turma está fazendo por discordar da opinião em relação ao que entendemos como tentativa de impor censura à liberdade de expressão”, afirmou a empresária. 

Ela, Caetano e outros artistas se manifestaram em defesa da liberdade de expressão e contra a censura, após polêmicas recentes, a exemplo do cancelamento da exposição “Queermuseu”. “Se querem debater, estamos disponíveis. Mas não vamos aceitar ofensas e incitação ao ódio, como tem sido feito pelo MBL, Alexandre Frota, Kim Kataguiri e outros”, acrescentou a ex-esposa de Caetano. O coordenador do MBL, Kim Kataguiri, disse que soube do processo pela internet e aguardará comunicado formal para responder na Justiça.

Por Bahia Noticias

Comentários