Comerciantes do Centro de Abastecimento de Ipirá, acusam administrador de querer utilizar o patrimônio público em benefício próprio

Revoltados com o autoritarismo do administrador do Centro de Abastecimento de Ipirá, comerciantes e frequentadores do local, acusam o administrador de querer se favorecer e favorecer amigos, com o uso indevido do patrimônio público para benefício próprio, conforme relato que segue abaixo, enviado a redação do CN.

No Centro Abastecimento está uma maior polêmica com a construção de dois boxes em frente do banheiro feminino no mercado de carne. Fechou a porta da frente do banheiro e abriu no lado onde vende peixe. Os marchantes estão todos revoltados com isso.

Tatin administrador do centro quer fazer um para ele e outro para um senhor conhecido como João do Bonfim, que segundo informações, ele prometeu quitar uma dívida doando um boxe na frente do banheiro. Nesse local fica o tanque subterrâneo, um acento para as pessoas idosos se descansar, a casa da bomba e acesso ao banheiro.

Os vereadores Deteval Brandão e Weima Fraga, de posse das informações, foram ao local apurar a veracidade dos fatos onde foi constatada a denuncia. Os vereadores irão entrar com uma representação contra o administrador e o poder público municipal, para coibir tamanho absurdo, sendo que nem mesmo o poder público municipal tem autorização para doar qualquer bem público sem ter a aprovação da Câmara Municipal.

Do Caboronga Notícias

Comentários