Jogadora ipiraense Maria Dias participa do Programa “Canal Aberto” na Rádio Ipirá AM

De férias em Ipirá após conquistar o título de campeã paulista de futebol feminino 2017 pela equipe do Rio Preto, a jogadora Maria Dias foi a entrevistada do Programa Canal Aberto da Rádio Ipirá AM.

Maria Dias esteve na emissora acompanhada de Jurandi Costa ex-diretor de esportes do município e coordenador do Projeto Dançar a Vida e do presidente da Liga desportiva Ipiraense Luis Carlos Judeu.

Figura simples e carismática, Maria Dias fez um relato da infância pobre no povoado do Ipirazinho onde desde criança já demonstrava intimidade com a bola, jogando na rua com os garotos. Ela falou que sofreu discriminação por parte de pessoas que não aceitavam mulher jogando futebol.

Maria foi descoberta pelo Projeto Dançar a Vida, projeto idealizado pelo padre italiano Marcos Ferrari e logo chamou a atenção da equipe do São Francisco do Conde. Ela foi reprovada na primeira avaliação e sentiu que tinha capacidade. Novamente chamada para mais uma avaliação, foi aprovada e contratada pela equipe, onde disputou o campeonato baiano de 2014, sendo campeã baiana e artilheira do certame.

Após esta conquista, o futebol de Maria Dias chamou a atenção de dirigentes do Paraná e de São Paulo, onde ela acabou optando por São Paulo por ser um centro de maior referência do esporte.

Maria que já teve a oportunidade de jogar ao lado de grandes jogadoras como Formiga da seleção brasileira, tem em Marta a sua estrela inspiradora no futebol feminino e sonha conhece-la.

Jogando pela primeira vez em São Paulo, Maria disputou o campeonato paulista de futebol feminino 2017, se tornou campeã num fogo memorável disputado no Estádio da Vila Belmiro, onde a equipe do Rio Preto sagrou-se campeã ao vencer a equipe do Santos Futebol Clube.

Ao apresentador do programa Jorge Luiz, Maria falou da felicidade de estar de volta a Ipirá sua terra natal e poder ser reconhecida por todos como uma menina que superou seus próprios limites, foi a luta e hoje é reconhecida nacionalmente. A atleta está com 22 anos espera que em 2018 possa conquistar novos horizontes com o seu futebol.

Do Caboronga Notícias

Comentários