PRF inicia Operação Carnaval 2018 nas rodovias baianas

A Superintendência Regional de Polícia Rodoviária Federal (PRF) iniciou nesta sexta-feira (9), a “Operação Carnaval 2018”, que segue até às 23h59 de quarta-feira (14). De acordo com a PRF, a Operação Carnaval, que faz parte da Operação Rodovida, segue um planejamento de ações específico, voltado para as características do trânsito no período carnavalesco.

Durante o período das festas de Momo, a PRF terá reforço no policiamento com Grupos de Operações Especiais e Motopoliciamento com o objetivo maior de prevenção contra acidentes de trânsito, salvaguardando a integridade das pessoas.

Trechos

Será montado ainda um esquema especial com reforço de policiais nos trechos onde haverá intensa movimentação devido aos festejos carnavalescos, como nas BRs 324, 116 e 101 para o Carnaval em Salvador; bem como no extremo Sul, na BR 101, entre Eunápolis e Porto Seguro; BR 135, 242 e 020 para o carnaval de Correntina, Santa Maria da Vitória e Barreiras.

Fiscalização

Historicamente o Carnaval, Natal, Réveillon e festejos juninos representam os períodos mais críticos do calendário de operações da PRF na Bahia. Porém, o Carnaval requer atenção redobrada por ser mais violento em decorrência do uso abusivo de álcool. Por isso, um dos principais focos da PRF será a fiscalização com etilômetros. Informações fornecidas pelo setor de estatísticas como dias, horários e locais em que há mais ocorrências de acidentes subsidiam o planejamento para o posicionamento estratégico das viaturas e a definição de comandos específicos.

Durante o período do carnaval o foco da PRF continua sendo nas condutas responsáveis por elevados índices de letalidade nos acidentes. Por isso, além da embriaguez ao volante, os esforços de fiscalização estarão voltados para coibir o excesso de velocidade e as ultrapassagens proibidas. A fiscalização a motocicletas, ao uso do cinto de segurança e ao transporte seguro de crianças também será intensificada.

É importante lembrar que, após as mudanças na Lei Seca, não existe mais tolerância para a quantidade de álcool no organismo de quem dirige. Qualquer traço etílico verificado é suficiente para o motorista pagar uma multa de R$ 2.934,70, ter a carteira suspensa e ser impedido de seguir viagem. Os policiais contarão ainda com o auxílio de etilômetros e radares entre portáteis e fotográficos, dentre outros equipamentos.

Restrições de tráfego

Estima-se um aumento de cerca de 40% no fluxo de veículos nos dias de maior movimentação, saída (sexta e sábado) e retorno (terça e quarta), especialmente nos locais turísticos e onde serão realizados os festejos momescos.

Com o objetivo de promover a fluidez do trânsito nos períodos de grandes feriados do ano de 2017, quando se tem uma maior movimentação nas estradas, a Polícia Rodoviária Federal editou a Portaria nº 21, de 24 março de 2017, proibindo, em determinados dias e horários, o trânsito de Combinações de Veículos de Carga – CVC, portando Autorização Especial de Trânsito (AET), de Combinações de Transporte de Veículos – CTV e de Combinações de Transporte de Veículos e Cargas Paletizadas – CTVP, portando ou não AET, bem como o trânsito dos demais veículos portadores de Autorização Especial de Trânsito (AET).
Fonte: Acorda Cidade