7 fatos que deveriam evengonhar a história do Brasil



Alguns acontecimentos, realizados em nome de estados, governos ou impérios mancham o passado para sempre e deveriam servir de exemplo como algo nunca mais a ser repetido. Com o Brasil não poderia ser diferente. Confira abaixo sete fatos que envergonham a nossa História:

1 – Centros clandestinos de violação 
de direitos humanos
Com a instauração do Regime Militar no Brasil, entre as décadas de 60 e 80, aconteceram muitos crimes em centros clandestinos de tortura e morte. Pessoas contrárias à política vigente tinham seus direitos cassados. Muitos desapareceram para sempre e seus corpos nunca foram encontrados. Alguns casos ainda seguem sem solução.


2 – Genocídio indígena

A formação de vários países da América Latina tem em sua história a marca pesada do extermínio dos indígenas, nativos que habitavam a região antes da chegada dos europeus. Povos inteiros foram dizimados, e uma população estimada na casa dos milhões, em 1500, hoje conta com, aproximadamente, 800 mil, no Brasil.


3 – Chacina no Complexo do Alemão

Operações da polícia na favela Nova Brasília, no Complexo do Alemão, na Zona Norte, do Rio, resultaram na morte de 26 pessoas. Os assassinatos ocorreram em duas operações, uma em 1994 e a outra em 1995. Nunca ninguém foi preso e os casos acabaram arquivados.


4 – Chacina da Candelária

No dia 23 de julho de 1993, oito crianças e adolescentes moradores de rua foram assassinados enquanto dormiam durante uma operação policial nas escadarias da Igreja da Candelária, no Rio de Janeiro (RJ). Duas décadas após o crime, quatro policiais chegaram a ser presos, mas cumpriram apenas parte da pena.


5 – Massacre do Carandiru

Um crime que ganhou imensa repercussão mundial, o Massacre do Carandiru, a Casa de Detenção de São Paulo, resultou na morte de 111 presos. O local abrigava mais de 7 mil detentos, em 1992, quando sua capacidade oficial era de 3.500. As mortes ocorreram em 2 de outubro de 1992, quando uma briga entre facções rivais do presídio terminou em massacre com a entrada da força policial.


6 – Escravidão

Foram quatro séculos de escravidão no Brasil que marcaram para sempre a História do país. Estima-se que 3,8 milhões de africanos deixaram sua terra natal para executar diversos trabalhos forçados nas plantações brasileiras. Os escravos eram objetos de seus donos: poderiam ser vendidos, açoitados e assassinados. O Brasil foi o último país a abolir a escravidão no Ocidente, em 13 de maio de 1888, por meio da Lei Áurea, assinada pela princesa Isabel.


7 – Guerra do Paraguai

A Guerra do Paraguai gera muitas controvérsias entre historiadores. Uma corrente assinala que o Império brasileiro, ao lado de Uruguai e Argentina, usou força demasiada e atacou o Paraguai sem clemência quando a derrota deste país era evidente. Esperava-se um conflito rápido, mas o que se viu foi uma guerra de cinco anos, de 1865 a 1870, que acabou com o Paraguai em todos os sentidos, de forma que o país jamais se recuperou totalmente das perdas sofridas com a guerra. 

BAIXE NOSSO APLICATIVO