Além de Ipirá, suposta pesquisa falsa também foi oferecida em Serra Preta e Serrinha



Segundo informações do blog  marioangelobarreto.blogspot.com.br, o prefeito de Serra Preta, Aldinho, aparece no 2ª lugar do estado da  Bahia, e na 32ª posição no ranking nacional em uma classificação que divulga os 100 melhores prefeitos do Brasil, organizada pela União Brasileira de Divulgação – UBD.

Ainda de acordo com o blog marioangelobarreto.blogspot.com.br, o prefeito Aldinho, falou que de fato recebeu o convite para estar em Recife, 15 de setembro, na entrega do certificado, mas os diversos compromissos prejudicaram prestigiar o evento. “Agradeço o reconhecimento nacional, mas neste momento não tenho como sair de Serra Preta para evento desta natureza, já que diversos projetos, obras e ações estão em andamentos e precisam fisicamente de minha presença”, justificou o prefeito.

O prefeito também nos revelou que desconhecia esta premiação e a empresa responsável, mas que dará uma pesquisada e uma atenção necessária sobre o reconhecimento. Disse que entrou em contato com outros prefeitos em destaque, mas todos não tinham ampla informação sobre o evento. “Não obtive informações precisas, mas de qualquer modo, fico feliz em Serra Preta se destacar em apenas 210 dias de trabalho. Este reconhecimento vai para todos os serrapretenses, eu sou apenas o representante”.

O prefeito da cidade de Serrinha – Ba, Adriano Lima (PMDB) foi um dos que mais comemorou a premiação, onde postou foto recebendo o certificado na página oficial da prefeitura. 

Na ultima quarta-feira (20), publicamos aqui uma matéria de um caso semelhante evolvendo a prefeitura municipal de Ipirá. Segundo essa mesma empresa (União Brasileira de Divulgação – UBD), a prefeitura de Ipirá aparece em 5° colocado na Bahia, e na posição 45° no Brasil em gestão, transparência e responsabilidade fiscal, no suposto ranking que avalia os municípios brasileiros, conformou postou o atual prefeito de Ipirá, Marcelo Brandão (DEM).

Tudo indica essa pesquisa não passa de uma verdadeira fraude. O suposto esquema diga-se de passagem é bem elaborado com intuito de lesar prefeitos que buscam popularidade e enganar a opinião pública com um diploma embasado em uma pesquisa sem metodologia nenhuma. A U.B.D. (União Brasileira de Divulgação) inicia sua fase organizacional fazendo uma triagem e colhendo os e-mails institucionais das prefeituras ou e-mails similares, a partir de então a empresa tenta entrar em contato enviando um e-mail para notificar as gestões sobre a suposta premiação. Para dar mais ênfase e importância ao prêmio o Instituto coloca o gestor entre os 100 melhores gestores do Brasil aguçando a vaidade de quem realmente acreditou ser merecedor de tal.

 
O suposto golpe é sempre o mesmo, o gestor que se sentir agraciado com o prêmio só receberá o mesmo se desembolsar cerca de R$ 1,980 reais para comparecer em um evento em Recife, ou então caso não possa comparecer ao mesmo desembolsar o valor de R$ 680 reais para receber o certificado via correios. No site do instituto (acesse aqui) pode se ver o amadorismo, a começar pelo layout do site, totalmente fora dos padrões CSS abusando de iframes, com a aparência de ter sido “feito a facão”. Só há 03 opções, no menu, clicando na opção Contato o usuário é direcionado para uma página com a seguinte frase: Fale Conosco!!! Divulgue o Seu Município Enviando Fotos; fone 81 98809951 e email. [email protected] dando a entender que qualquer gestão que queira ser divulgada pode ganhar destaque ainda que esteja atolada em fraudes.
Fizemos uma checagem no site da UBD e pasmem, a relação completa de supostos prefeitos premiados ultrapassa consideravelmente a irônica marca dos 100 como a empresa afirma nos e-mail que envia para as prefeituras cobrando dinheiro para que os gestores possam receber a falsa honraria.

Quase 500 prefeitos foram informados e distribuídos entre todos os estados da federação estão entre os 100 melhores do Brasil, brincando com a inocência ou patrocinando a malícia de gestores que tentam usar o fato para mudar a opinião pública (as informações anteriormente expostas podem ser confirmadas por qualquer leigo no referido site).
 
A empresa que fala em premiar gestores pela transparência, não se mostra transparente em toda a sua existência, a começar pela míngua de informações no site institucional. A única informação exposta sobre o instituto fraudulento diz o seguinte: ”  A União Brasileira de Divulgação – UBD,  Fundada em l0/05/2001, com a finalidade de divulgar o  através de pesquisas interativas de Gestão Pública, destacando as melhores administrações municipais do Brasil,nas esferas de educação, serviços sociais, infraestrutura e saúde”.
 
Segundo o jornalista pernambucano Madson Vagner, a União Brasileira de Divulgação (UBD), incluiu na relação de premiação dos ‘100 melhores prefeitos do Brasil’, gestores com diversos processos, desmandos administrativos e até mesmo prefeitos cassados. 


Entramos em contrato com a empresa, porém a pessoa que nos atendeu, não quis informar como funciona a suposta pesquisa. A mesma também não quis nos informar os dados cadastrais da empresa, como endereço e CNPJ.

RESUMINDO: Qualquer prefeito que se disponha a arcar com os míseros valores cobrados pelo instituto, pode ser taxado como dentro da falsa marca dos 100.
 
Por ipiranoticias.com
 

 

Participe de nosso grupo de WhatsApp clicando aqui.

BAIXE NOSSO APLICATIVO