Lúcio Vieira Lima se irrita com meme e abandona grupo da bancada da bala



O deputado federal Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA) deixou o grupo de WhatsApp da bancada da bala após um colega postar meme ironizando os R$ 51 milhões encontrado em um “bunker”, em Salvador, atribuído ao seu irmão, o ex-ministro Geddel.

Após Geddel ser levado para o Complexo Penitenciário da Papuda, no Distrito Federal, Lúcio desapareceu dos corredores da Câmara. A última vez que o deputado marcou presença no plenário foi no dia 4 de setembro, um dia antes da operação da Polícia Federal que descobriu o “bunker”.

Lúcio é presidente da comissão especial que discute propostas para reforma política. Os trabalhos estão sendo conduzidos por Lázaro Botelho (PP-TO) e a Secretaria-Geral da Mesa Diretora da Câmara (SGM) não recebeu nenhum pedido formal de licença do parlamentar.

No depoimento prestado à PF, o dono do apartamento, Silvio Antônio Cabral da Silveira, disse que emprestou o imóvel a Lúcio.

Por Bocão News

Participe de nosso grupo de WhatsApp clicando aqui.

BAIXE NOSSO APLICATIVO