Biritinga: Ministério público pede suspensão de cavalgada marcada para este domingo

Através de uma ação civil pública, o Ministério Público solicitou o cancelamento de uma Cavalgada marcada para acontecer neste domingo (29). O órgão argumenta que há descumprimento de normas e medidas sanitárias e ambientais e da falta de estrutura mínima para a realização do evento. A ação foi de autoria da promotora Letícia Baird.

Segundo a promotora de Justiça, o organizador comunicou a realização da cavalgada ao Município de Biritinga, sem apresentar as documentações necessárias e sem adotar as providências administrativas e legais.

Na ação, o MP pede liminarmente à Justiça que proíba a realização da cavalgada, sob pena de multa de R$ 10 mil, apreensão de animais e de instrumentos utilizados.

Bocão News

BAIXE NOSSO APLICATIVO