Uma tropa de oito burros foi presa, na cadeia de Urai, na Índia, acusada de ter destruído uma plantação nos arredores da penitenciária.

Os “criminosos” de quatros patas passaram quatro dias atrás das grades por causa do crime. Segundo as autoridades, os animais comeram plantas caras e causaram prejuízo à polícia.

O mais incrível é que, segundo o canal de TV NDTV, foi estipulada uma fiança para a libertação dos burros.

A quantia foi paga e o dono dos animais foi até a penitenciária resgatá-los.

Compartilhe nas redes sociais!