Bolsa dispara e dólar cai a R$ 3,15 em dia de julgamento de recurso de Lula

A bolsa teve dia de alta e o dólar, de queda sobre o real nesta quarta-feira (24), reagindo ao julgamento no 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) que manteve a condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do tríplex em Guarujá (SP).

O dólar caiu 2,44%, vendido a R$ 3,159 – o menor valor desde outubro. Já o Ibovespa, principal índice de ações da bolsa, subiu 3,72%, aos 83.680 pontos, renovando patamar recorde histórico, em termos nominais. Foi também a maior alta diária desde janeiro de 2017. No primeiro mês do ano, o dólar acumula queda de 4,69% e a bolsa, alta de 9,53%.

O mercado monitora o julgamento há várias semanas, de olho nas possibilidades para as eleições presidenciais de 2018, já que a condenação pode tornar Lula inelegível. O ex-presidente, que vinha liderando as pesquisas de intenção de voto, é visto pelo mercado financeiro como um candidato menos comprometido com a continuidade de reformas de ajuste fiscal consideradas importantes para reequilibrar as contas públicas.

Ipirá notícias

FREE
VIEW