Prefeito de Ipirá veta recursos que seriam destinados a reforma da Casa dos Estudantes e do Mercado de Artes

No final de 2017, a Câmara de Vereadores votou em regime de urgência o Projeto de Lei Orçamentária para o exercício financeiro do ano 2018 do município de Ipirá.

Após muita discussão principalmente por parte da bancada de oposição no Legislativo Municipal, foram apresentadas, votadas e aprovadas por unanimidade dos edis, emendas que destinariam parte do orçamento municipal para a reforma da Casa dos Estudantes e do Mercado de Artes.

Os valores estabelecidos no orçamento foram de um milhão de reais para a reforma da Casa dos Estudantes e um milhão de reais para a reconstrução do Mercado de Artes. Estes recursos sairiam da verba destinada ao gabinete do prefeito municipal.

No entanto, para a surpresa de todos, o prefeito municipal Marcelo Brandão (DEM) sancionou o projeto aprovado com vetos as emendas colocadas pela bancada de oposição.

O veto a Emenda Aditiva Nº 05/2017, foi aos recursos destinados à reconstruções da Casa dos Estudantes e ao Mercado de Artes.

Partindo deste principio, a bancada de oposição chegou a conclusão de que o prefeito com sua decisão, ratifica a represália aos manifestos públicos promovidos pelos estudantes da AEIPI e pelos artesãos do Mercado de Artes que perderam todo material de trabalho no incêndio ocorrido no dia 23 de novembro de 2016.

As informações são dos vereadores Jaildo do Bonfim e Weima Fraga