Justiça Federal manda soltar Joesley Batista; empresário deve deixar cadeia nesta sexta



O dono do frigorífico JBS, Joesley Batista, foi libertado por uma decisão da 12ª Vara Federal de Brasília. De acordo com a colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo, ele será solto ainda nesta sexta-feira (9), em São Paulo. A informação foi confirmada pelo advogado do empresário, André Callegari.

“A prisão preventiva não tinha mais fundamento porque o prazo para ela, de 120 dias para as organizações criminosas, já tinha se esgotado. O argumento de que eles poderiam destruir provas já tinha sido superado porque elas já tinham sido todas colhidas”, disse, em entrevista à publicação. ,

O irmão de Joesley, Wesley, já havia sido libertado por decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Na ocasião, o empresário foi mantido preso porque havia um segundo mandado de prisão contra ele. O delator foi levado para a prisão em 10 de setembro do ano passado, por um pedido feito pelo ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot e aceito pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin, porque supostamente teria ocultado informações relevantes em seu acordo de delação premiada.

Participe de nosso grupo de WhatsApp clicando aqui.

BAIXE NOSSO APLICATIVO