Maduro chama decisão contra Lula de “vergonhosa”



O presidente Venezuelano,  Nícolas Maduro, classificou nesta sexta-feira (06), como “vergonhosa” a decisão de prender ex-presidente do petista Brasil. Lula foi condenado a prisão por corrupção e lavagem de dinheiro pelo juiz Sergio Moro.

“Expresso minha consternação e dor de todo povo venezuelano contra a perseguição desencadeada contra o ex-presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, é uma coisa vergonhosa o que está sendo feito contra o presidente”, disse Maduro em um ato de Governo transmitido pelo canal estatal VTV.

Maduro chamou o ex-presidente brasileiro como um “homem honesto” que, segundo ele, “líder democrático, moral, um homem comprometido com as pessoas que trouxeram 38 milhões pessoas pobres no Brasil e as incorporou “, acrescentou.

Uma pessoa que, segundo ele, “tem sido no início deste século XXI símbolo global da justiça, a democracia”, mas que “os oligárquicos elite neo-fascistas brasileiros desencadearam uma perseguição criminosa” contra ele, disse o chefe do governo venezuelano.

Para o também presidente do Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV), disse que é “impressionante” a “campanha na mídia (…) para matar Lula”.

Ele reiterou que o que acontece no Brasil é “um golpe de Estado” pelo qual “derrubaram primeiro a presidenta constitucional Dilma Rousseff com um golpe parlamentar e agora querem colocar Lula da Silva na cadeia”.

” O mundo quer Lula livre. É uma tremenda  perseguição contra Lula. Viva o Luiz Inácio Lula da Silva, viva o Brasil! “, concluiu.

 

Participe de nosso grupo de WhatsApp clicando aqui.

BAIXE NOSSO APLICATIVO