População continua a reclamar de lamaçal no Centro de Abastecimento de Ipirá



Feirantes e consumidores do centro de abastecimento de Ipirá continuam reclamando de diversos problemas que enfrentam em períodos de chuva. Com o acúmulo de água, a feira livre acontece em meio a poças de lama. A população teme a transmissão de leptospirose, doença provocada por uma bactéria presente na urina e fezes de animais.

Eles ainda estão preocupados com o inverno que se aproxima, pois se nada por feito até lá, os transtornos enfrentados nesse inicio de ano podem está apenas começando, devido as constantes chuvas que caem na região durante essa estação.

Requalificação

No ano de 2014, na gestão do falecido prefeito Ademildo Almeida, foram destinados cerca de R$1.4 milhões do governo federal via emenda do Senador Walter Pinheiro, para serem investidos em obras que requalificaria o centro de abastecimento. Porém, essas obras foram paralisadas messes após o inicio.

Em março de 2017, o atual prefeito Marcelo Brandão (DEM), se reuniu com os feirantes em dois momentos para apresentar um projeto de requalificação do local, e prometeu que até o final daquele ano Ipirá teria um Centro de Abastecimento digno para feirantes e consumidores. Entretanto, mais de um ano se passou e essas obras de requalificação continuam paralisadas.

Imagem publicada por internauta no Facebook.

 

Imagem publicada por internauta no Facebook.

 

Participe de nosso grupo de WhatsApp clicando aqui.

BAIXE NOSSO APLICATIVO