Município de Ipirá não sofreu queda na receita do FPM



Na primeira quinzena de abril de 2018 o presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB), Eures Ribeiro (PSD), anunciou em diversos meios de comunicação que os municípios baianos estavam tendo uma queda de 13% na receita do FPM, de acordo ao Sistema de Informações Banco do Brasil – SISBB que mostra os valores repassado aos município essa informação do presidente da UPB não procede.

Apesar de tímidos, os valores recebidos neste primeiro quadrimestre de 2018 tiveram um aumento de 5,4% em comparação ao mesmo período do ano anterior. No primeiro quadrimestre de 2017 os 15 municípios que compõem o território de identidade Bacia do Jacuípe receberam o montante de R$ 153.968.495,47. No primeiro quadrimestre de 2018 os municípios receberam o montante de R$ 161.838.069,28, tendo aumento de R$ 7.869.573,81 em comparação ao ano anterior.

Em si tratando de Ipirá, o município arrecadou no primeiro quadrimestre entre janeiro e abril de 2017, R$ 28.284.496,26 (Vinte e oito milhões, duzentos e oitenta e quatro mil, quatrocentos e noventa e seis reais e vinte e seis centavos). O demonstrativo de arrecadação do ano 2018 do TCM mostra que houve um acréscimo na arrecadação do município no mesmo quadrimestre de janeiro a abril. R$ 29.421. 942,56 (Vinte e nove milhões, quatrocentos e vinte e um mil, novecentos e quarenta e dois reais e cinquenta e seis centavos).

Sendo assim, o município de Ipirá arrecadou no primeiro quadrimestre de 2018 R$ 1. 137.450,30 (Um milhão, cento e trinta e sete mil, quatrocentos e trinta e sete reais e trinta centavos) a mais do que no quadrimestre de 2017.

Por Caboronga Notícias com informações do Bacia do Jacuípe

Participe de nosso grupo de WhatsApp clicando aqui.

BAIXE NOSSO APLICATIVO