Após resultado de exame de DNA, DH Feira prende acusado de matar Bruna Santana

Policiais civis da Delegacia de Homicídios de Feira de Santana (DH/Feira) prenderam, na madrugada desta terça-feira (19), Gilmar Dantas dos Santos, 41 anos, acusado de matar a adolescente Bruna Santana Mendes. A garota desapareceu no dia 18 de fevereiro pós sair do Shopping Boulevard, e foi encontrada morta no dia 23 de fevereiro dentro de saco em um terreno baldio localizado no bairro Jardim Cruzeiro.

De acordo com o delegado Fabrício Linard, titular da Delegacia de Homicídios, o exame de DNA de Gilmar Dantas deu positivo para o material coletado nas unhas da vítima.

Ainda segundo o delegado, o acusado responde por dois casos de estupro em Conceição do Jacuípe e residia na mesma rua onde a vítima foi vítima pela última vez. O nome dele como quarto suspeito do crime não foi divulgado para não atrapalhar as investigações.

Em relação aos demais suspeitos, que ficaram presos temporariamente, o delegado informou ao Acorda Cidade que as investigações continuam para que sejam totalmente descartadas as participações deles, caso seja comprovado que Gilmar agiu sozinho, como suspeita a polícia.

A prisão dele é preventiva , sem prazo para sair. Gilmar confessou o crime e detalhou para a polícia como o crime foi praticado. Ele disse que não chegou a consumar o estupro, mas que antes de sufocá-la para fazê-la parar de gritar, chegou a tirar os shorts e calcinha da vítima.

Fonte: acordacidade