Suspeito de estuprar e matar adolescente de 15 anos é preso em Barra da Estiva



Um homem de 45 anos foi preso suspeito de matar a adolescente Rhanna Kevila da Silva Almeida, de 15 anos, na cidade de Barra da Estiva, no sudoeste da Bahia. A vítima foi esfaqueada e teve o corpo queimado enquanto se arrumava para participar do ensaio da quadrilha junina que fazia parte.

O suspeito, Carlito Camilo Souza, foi encontrado pela polícia na manhã de segunda-feira (11), em Barra da Estiva. O crime aconteceu na tarde do dia 1º de junho, e a família suspeita que a garota também tenha sofrido abuso sexual. O corpo dela passou por perícia e o resultado deve ser divulgado em laudo no final do mês.

A polícia chegou até Carlito depois de ter acesso a um vídeo feito por uma câmera de segurança. Nas imagens, o suspeito joga fora o celular da vítima próximo ao jardim da Igreja Matriz de Barra da Estiva.

Segundo a polícia, o celular de Rhanna Kevila da Silva Almeida não havia sido encontrado no local do crime.

A polícia informou também que a arma usada para matar a vítima é semelhante a uma faca utilizada por Carlito durante o trabalho. O suspeito atua como ambulante, na preparação e venda de churrasco grego.

Ainda conforme a polícia, Carlito não tem um álibi que poderia comprovar que ele estava em outro local e com outras pessoas no momento do crime.

O quarto onde o corpo da garota foi achado foi incendiado. Para a polícia, as chamas tenham sido provocadas para encobrir as pistas. Vizinhos perceberam a fumaça e tentaram apagar as chamas. A casa foi arrombada, e as pessoas encontraram a garota caída no chão.

A vítima chegou a ser socorrida para um hospital, mas não resistiu aos ferimentos. Rhanna estudava o primeiro ano do ensino médio em uma escola estadual de Barra da Estiva. O corpo dela foi liberado do DPT de Brumado no final da manhã.

Fonte: G1

Participe de nosso grupo de WhatsApp clicando aqui.

BAIXE NOSSO APLICATIVO