Estudantes de Ipirá desenvolvem pomada cicatrizante natural para uso em animais



Os estudantes do curso técnico em Agropecuária, do Centro Territorial de Educação Profissional da Bahia do Jacuípe (CETEP), localizado em Ipirá (213 km de Salvador), desenvolveram uma pomada cicatrizante natural utilizando a planta de origem indiana e africana conhecida cientificamente como Moringa Oleifera e que traz vários benefícios para a saúde animal. O produto, que recebeu o nome de “Morintazol, já foi testado em animais como gatos, cachorros e no gado. Além disso, possui baixo custo de produção, tornando-se acessível a produtores rurais.

Como procedimento metodológico foram feitas algumas pesquisas bibliográficas sobre como extrair as partes mais importantes da planta para desenvolver o cicatrizante. Para a produção da pomada foi atraído o extrato da planta a partir da maceração das folhas. Outra forma de se obter o extrato é fritando as folhas em substância gordurosa como vaselina ou gordura animal. A pomada, que possui ação anti-inflamatória e ajuda a aliviar as dores, é composta por vaselina, extrato da planta (princípio ativo) e cera de abelha, para que o produto fique mais macio.

A estudante Ediclécia Alves, 20, que faz parte da equipe de alunos envolvidos no projeto, ressaltou os benefícios da pomada. “Ela ajuda na cicatriz de feridas do animal, alivia a dor e evita que mosquitos posem no ferimento. Fizemos testes em nossos animais e o resultado foi muito bom, pois a cicatrização é rápida”, revelou a estudante, que apresentou o projeto em Salvador.

Para a professora de Química, Lícia Camelo, o projeto é muito importante para o aprendizado dos estudantes e para a sociedade. “É um projeto de intervenção no qual conseguimos devolver para a comunidade o que a gente produz na escola, trazendo benefícios para a comunidade. Além disso, todos os conceitos estudados e conhecimentos obtidos ajudaram a potencializar o aprendizado dos estudantes envolvidos”, destacou a educadora.

Por Caboronga Notícias com informações do professor Luis Carlos diretor do CETEP

Participe de nosso grupo de WhatsApp clicando aqui.

BAIXE NOSSO APLICATIVO