Candidatos do partido de Bolsonaro destroem homenagem a Marielle

Candidatos a deputado estadual no Rio de Janeiro e a deputado federal, ambos pelo PSL, partido do presidenciável Jair Bolsonaro, Rodrigo Amorim e Daniel Silveira destruíram uma homenagem feita à vereadora Marielle Franco na Cinelândia, local da sede da Câmara municipal fluminense.

Trata-se de uma placa com o nome da vereadora executada com tiros na cabeça, então colocada em cima da placa original, em nome do Marechal Floriano Peixoto.

Em vídeo publicado nas redes sociais, Amorim e Silveira afirmam que agiram para restaurar o patrimônio público. “A morte da vereadora não pode servir como desculpa para a depredação do patrimônio público. Por isso estamos aqui para restaurar o patrimônio”, diz Silveira.

O caso foi levado à polícia pelo deputado estadual Marcelo Freixo, do PSOL, mesmo partido de Marielle Franco.

Fonte: Notícias ao Minuto