Mãe e filha morrem abraçadas, segurando um terço, dento de carro durante alagamento


Capital mineira foi tomada por chuvas; adolescente está desaparecida

Uma mãe e a filha de 6 anos morreram em uma enxurrada em Belo Horizonte, Minas Geiras, na quinta-feira (15). Os corpos de Cristiana Pereira Matos, 40 anos, e Sofia Pereira, 6, foram achados em um carro, abraçados e com um terço na mão da mãe. As duas são as únicas vítimas fatais até o momento da enxurrada mineira. A adolescente Anna Luísa Fernandes de Paiva Maria, 16, continua desaparecida depois de ser levada pela água.

Houve alagamentos na Avenida Vilarinho e na Rua Doutor Álvaro Camargos. A chuva fez a Estação Vilarinho, do metrô, ser fechada. Parte de uma casa desabou no bairro do Jardim dos Comerciários.

Os corpos de mãe e filha estavam em um Palio na Avenida Vilarinho, um dos pontos mais críticos. No local, o volume de água foi tal que chegou a dois metros de altura. O carro da família foi pego pela inudanção e as vítimas não conseguiram deixar o veículo, morrendo afogadas. O trecho ficou alagado com o transbordamento de vários córregos próximos.

Muita lama ficou espalhada na região. Ainda na madrugada, uma retroescavadeira da prefeitura começou o trabalho de limpeza. A linha de metrô atingida teve parte do alambrado arrancada. Por conta da chuva, a estação acabou sendo interditada.

De acordo com a Defesa Civil, este foi o dia mais chuvoso do ano na capital mineira.

Fonte: Correio

Participe de nosso grupo de WhatsApp clicando aqui.

BAIXE NOSSO APLICATIVO