Moro aceita convite de Bolsonaro para ser ministro da Justiça, diz jornal



O juiz federal Sérgio Moro aceitou o convite feito pelo presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) para assumir o comando do superministério da Justiça. Segundo o Estadão, Moro divulgará mais tarde uma nota com os detalhes da proposta feita pelo pesselista. Bolsonaro e o magistrado se reuniram nesta quinta-feira (1º), na casa do presidente eleito, no Rio de Janeiro.

No encontro, que durou cerca de 1h30, o presidente eleito convidou Moro para assumir um superministério da Justiça, ampliado e com órgãos de combate à corrupção, que estão atualmente em outras pastas, como a Polícia Federal e o Coaf, que estão envolvidas nessa operação.

Durante o voo para capital carioca, Moro falou com a Rede Globo, que o acompanhou na viagem. Segundo o G1, o magistrado disse que a motivação de seu encontro com Bolsonaro se dá em razão de o País precisar de uma agenda anticorrupção e anticrime organizado.

“Se houver a possibilidade de uma implementação dessa agenda, convergência de ideias, como isso ser feito, então há uma possibilidade. Mas como disse, é tudo muito prematuro”, disse Moro.

Fonte: Bahia Notícias

Participe de nosso grupo de WhatsApp clicando aqui.

BAIXE NOSSO APLICATIVO