Estudantes de São José do Jacuípe decoram praça pública com materiais recicláveis


Para os alunos, o projeto foi importante para a conscientização ambiental e a integração com os colegas e a comunidade do entorno.

Os estudantes do curso técnico de Administração do Colégio Estadual Berilo Vilas Boas, no município de São José do Jacuípe (a 280 km de Salvador), entraram no clima natalino, promovendo uma reflexão sobre a preservação do meio ambiente e protagonizando uma ação voltada à cultura do reaproveitamento e da reciclagem.

A partir de materiais recicláveis, entre os quais garrafa pet, copos descartáveis e papelão, eles produziram árvores de Natal, guirlandas, presépio, velas, flores, sinos e anjos, que foram montados na Praça Aristides Almeida, no centro da cidade. Por meio de um mutirão, que contou com a contribuição da comunidade local na doação de objetos, o local público ganhou um cenário típico da época.

Ornamentção natalina no col. Berilo Vilas Boas em São José do Jacuípe – divulgação

Para os alunos, o projeto foi importante para a conscientização ambiental e a integração com os colegas e a comunidade do entorno. “Foi um momento muito interessante para todos nós porque aprendemos sobre a importância de reaproveitar e reciclar os objetos, preservando a natureza do lixo descartado inadequadamente. Além disso, achei muito bacana produzirmos enfeites natalinos para ornamentar uma praça pública. Eu fiz uma árvore de natal de papelão e ornamentei um prato descartável, usando gliter prateado e barbante”, conta a estudante Auricélia Vilaronga.

Ornamentção natalina no col. Berilo Vilas Boas em São José do Jacuípe – divulgação

A professora de Gestão e Impactos Socioambientais, Edna Oliveira Lopes, conta que a ideia de ornamentar o espaço público da cidade surgiu de uma reflexão social em sala de aula sobre questões ambientais. “A sugestão foi aproveitar materiais descartáveis, como pratos e copos de plástico, jornal, papel de balas e mídias de CD, de uma forma criativa, contando com a mobilização da comunidade local, que contribuiu com a doação dos objetos. Até bolinhas de frasco de desodorante roll-on foram pintadas e usadas como bola de árvore de Natal”, revela. A educadora destaca, ainda, que o dia do mutirão na praça foi um acontecimento à parte, com participação de mães e pais com seus filhos pequenos. “Fiquei muito feliz com o resultado, com a dedicação dos alunos e com a integração dos estudantes com a comunidade”.

Com Ipirá Notícias com informações da Secretaria da Educação do Estado da Bahia

Participe de nosso grupo de WhatsApp clicando aqui.

BAIXE NOSSO APLICATIVO