A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) julga, nesta terça-feira (4), um novo pedido de liberdade da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

A ação dos advogados do petista foi ajuízada após Sérgio Moro deixar a magistratura para ser ministro no governo do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL). O argumento da defesa do ex-presidente é de que o julgamento de Moro não foi imparcial.

Compõem a Segunda Turma do STF os ministros Edson Fachin (relator), Ricardo Lewandowski, Celso de Mello, Cármen Lúcia e Gilmar Mendes.

Fonte: Bahia Notícias

Compartilhe nas redes sociais!
Tag