Vereadores da bancada de oposição da Câmara de Vereadores de Ipirá, se uniram para mais uma vez e convocam a população para barrar a votação do novo Código Tributário que segundo eles, chegou a Câmara no apagar das luzes, há uma sessão do encerramento do período legislativo de 2018, tal como foi no ano passado.

Segundo o vereador Caryl Oliveira (SD), “Apresentar o Código Tributário no fim do para ser aprovado é golpe. Não podemos aceitar. Esse Código Tributário teria que ter chegado a essa casa em março, porque teríamos tempo suficiente para debater com o tributarista e com todos só seguimentos da sociedade” disse o vereador.

Código Tributário do Município, que se encontrava parado desde o final do ano passado, depois de severas críticas por parte da oposição, em pleno final do período legislativo do corrente ano, onde fatalmente não haverá mais tempo para discussões e debates, é golpe, é irresponsabilidade, pois um Código Tributário tem influência em todas as atividades do município, logo terá que ser discutido e debatido, sendo preciso que todas as dúvidas e pontos negativos, que possam onerar determinados setores das atividades comerciais e sociais do município possam ser esclarecidas.

Para o vereador Deteval Brandão (PSD), líder da bancada de oposição na Câmara, aprovar esse novo Código Tributário sem debater ponto por ponto é dizer amém aos desmandos administrativos que o nosso município vem sofrendo como: falta de merenda, ano letivo incompleto, atraso de pagamento do atraso de pagamento do transporte escolar, estradas em péssimo estado de conservação e servidores tendo que trabalhar de graça para garantir o emprego no ano que vem.

“Vamos mais uma vez mobilizar toda sociedade ipiraense e barrar a votação dessa aberração chamado Código Tributário imposto pelo prefeito municipal que até então não disse para que foi eleito. Além de um município arrasado economicamente, ainda quer penalizar a população com o aumento da carga tributária” disse Deteval.

Por Caboronga Notícias