Moradores da Rua Ruy Barbosa no centro de Ipirá continuam apelando para o bom censo da Secretaria Municipal de Infraestrutura, no sentido de que possa impedir que o canteiro central da rua continue sendo um verdadeiro estábulo de animais, onde cavalos são amarrados diariamente as árvores e depositam no local fezes e urina, tornando o ambiente insuportável para os moradores e pessoas que transitam pela rua.

O fato já foi alvo de uma reportagem exibida pelo CN. Nossa reportagem passou o problema para o secretário Celso Dantas e pelo visto, até então nenhuma providência foi tomada por parte do órgão competente.

Em contato com a redação CN, um morador disse o seguinte:

“A gente é obrigado a ficar no fundo de casa para se refrescar  do calor, porque na rua no banco que foi feito para as pessoas sentarem e relaxar não pode por conta do mal cheiro de xixi e cocô dos cavalos. Vai ser duro eles tirarem esses cavalos daqui. Já fizemos uma proposta a prefeitura de cortar aquelas duas árvores e fazer um jardim bonito ali, mas como é que faz, a gente vai plantar grama ali como, para os cavalos ficarem enfeitando o jardim? porque é isso que está acontecendo. Só vai acabar com isso, quando os moradores se reunirem e cortarem aquelas árvores e plantar outras no local. Só assim os proprietários dos animais não vão colocar mais os cavalos porque queremos construir um jardim no canteiro e cercar para evitar que pessoas passarem e eles continuem amarrando cavalos. Não adianta fazer isso plantar grama, molhar todos os dias e eles colocarem cavalos” obrigado amigo pelo espaço.

Por Caboronga Notícias com informações e imagem via WhatsApp