Com objetivo de recolher materiais eletrônicos inúteis que degradam o meio ambiente quando descartados em locais inapropriados, o Movimento Acredito, está promovendo uma companha de coleta de lixo eletrônico em Ipirá.

De acordo com os organizadores do movimento local, um contêiner será colocado na Praça Roberto Cintra, no dia 09 de março, onde a população poderá descartar materiais eletrônicos que já não servem mais para o uso como: aparelho de DVD, televisão, secador de cabelo, computadores, monitores, impressoras, videogame, aparelho de som, entre outros (imagem abaixo).

Todo material recolhido será encaminhado à ECOBA em Feira de Santana, empresa especializada em resíduos eletrônicos que restaura esse tipo material e doam para comunidades carentes, projetos sociais e centros tecnológicos.

O que é o Movimento Acredito?

O Acredito é um movimento que busca a renovação da política no Brasil. Uma renovação de princípios, práticas e pessoas. A renovação que queremos tem uma prioridade: superar nossas profundas desigualdades, barreiras a um projeto de país mais estável, justo e desenvolvido. Acreditamos que o Brasil só será justo quando oferecer dignidade e igualdade de oportunidades a todas e todos os brasileiros. Acesse o site do movimento clicando aqui.

Quais são os principais impactos ambientais do lixo eletrônico?

De maneira geral, os principais danos causados pelo lixo eletrônico ao meio ambiente podem ser divididos em três grandes grupos. São eles:

Redução do tempo de vida útil dos aterros sanitários

Equipamentos eletrônicos como computadores e celulares têm em sua composição grandes quantidades de materiais que demoram muito tempo para se decompor naturalmente, como o vidro e o plástico. Quando descartados em aterros sanitários, esses materiais aumentam seu o volume do lixo no local e reduzem seu tempo de vida útil, causando ainda mais impacto ambiental.

Contaminação por metais pesados

Placas e demais circuitos eletrônicos de equipamentos possuem quantidades significativas de metais pesados — especialmente mercúrio, chumbo e cádmio. Este é um dos principais danos ambientais causados pelo lixo eletrônico ao meio ambiente, pois tratam-se de substâncias altamente poluentes e que afetam tanto a qualidade do solo quanto da água, dos rios quer e dos lençóis freáticos.

Danos à saúde pública

Apesar de não ser uma consequência ambiental propriamente dita, este problema está diretamente relacionado ao descarte incorreto do lixo eletrônico pois a poluição causada pelo descarte incorreto pode causar danos à saúde da população que vive no entorno dos aterros sanitários ou que vivem da separação dos resíduos destinados aos mesmos.

Por Ipirá Notícias com informações do Wikipedia