O ano letivo de 2018 foi um tanto quanto tumultuado em Ipirá com falta de merenda em algumas escolas, ameaça de greve no transporte escolar por atraso de pagamentos e etc.

Em 2019, aparenta não ser diferente. Circula nas redes sociais, um vídeo publicado por uma moradora do bairro do Morro da Alegria, um dos mais populosos da cidade, onde é possível ver o estado lastimável em que se encontra a Escola Carlos Santana daquele bairro.

Na imagem é possível ver o muro praticamente destruído pela ação do tempo e dos vândalos e cachorros fazendo do local de abrigo. No áudio a moradora e mãe de aluno fala que até a cantina da escola não tem porta e os animais fazem suas necessidades fisiológicas lá dentro. Ela não informou se a cantina é dentro ou fora do prédio. A moradora concluiu o vídeo dizendo que a escola parece um cemitério abandonado.

No encontro pedagógico realizado no último dia (12), o prefeito municipal Marcelo Brandão discursou sob protestos de professores.

Outro fato que chamou a atenção principalmente de pais e alunos, foi o adiamento do início do ano letivo, do dia (18), para o dia (25), sob alegação de que as estradas estão sendo recuperadas e algumas escolas também. No entanto, ao que parece, a Escola Carlos Santana no Morro da Alegria, permanecerá como está, assim como outras escolas da sede no município.

Pelas imagens, é possível ver que a muito tempo a escola não passa por uma reforma. Em nota o vereador Weima Fraga disse o seguinte: O prefeito Marcelo Brandão dizia no seu programa na rádio que Ipirá recebia 10 Milhões por mês e que  dava para resolver tudo. E agora o que está na sua mão não dá mais porquê?

Por Caboronga Notícias com imagens de divulgação

Faça parte de nosso grupo de WhatsApp clicando aqui.

Compartilhe nas redes sociais!