O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva chegou a São Paulo na manhã deste sábado (2), após deixar a sede da Polícia Federal (PF) em Curitiba, para participar do velório do neto, Arthur Lula da Silva, de sete anos, que morreu vítima de meningite meningocócica.

O avião onde Lula viajou, um caravana prefixo PP MMs cedido pelo governo do Paraná, pousou no Aeroporto de Congonhas, Zona Sul de São Paulo, às 8h31.

Na noite desta sexta (1°), a Justiça Federal autorizou o ex-presidente Lula a ir ao velório do neto. Em nota, a Justiça Federal informou que a íntegra da decisão não será divulgada.

“Foi autorizada a participação de Lula no velório e que, a fim de preservar a intimidade da família e garantir não apenas a integridade do preso, mas a segurança pública, os detalhes do deslocamento serão mantidos em sigilo”, divulgou a Justiça.

O processo de execução penal do ex-presidente está sob sigilo. A decisão que autorizou a viagem do ex-presidente preso foi dada após o Ministério Público Federal dar parecer favorável à saída do ex-presidente da prisão para participar do funeral do neto.
O corpo de Arthur começou a ser velado por volta de 22h desta sexta-feira (1°) no Cemitério Jardim da Colina, em São Bernardo do Campo. O sepultamento deve ocorrer às 12h deste sábado (2).

Arthur deu entrada no Hospital Bartira, em Santo André, no ABC Paulista, às 7h20 desta sexta-feira com “quadro instável” e faleceu às 12h11 “devido ao agravamento do quadro infeccioso de meningite meningocócica”, segundo a assessoria da Rede D’Or São Luiz, da qual o hospital faz parte.

Com informações do G1

Compartilhe nas redes sociais!
Tag