Ao receber uma homenagem na Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) nesta segunda-feira (20), o presidente Jair Bolsonaro elogiou empresários, chamando-os de “heróis”, e prometeu não “atrapalhá-los”.

“Dentro do trabalho que queremos fazer, em primeiro lugar, é não atrapalhá-los. Já estaria de bom tamanho, do ponto de vista burocrático, que os senhores têm que enfrentar no seu dia a dia”, declarou ele na cerimônia, na qual recebeu, do presidente da entidade, a Medalha do Mérito Industrial do Estado do Rio de Janeiro.

Bolsonaro completou: “O que eu tenho a oferecer aos senhores: o patriotismo, a humildade, eu tenho coragem de enfrentar o corporativismo das empresas. É uma vontade enorme de colocar o Brasil no lugar onde ele merece – e grande parte desse sonho passa pelos senhores, empreendedores. Tenho dito: os senhores são verdadeiros heróis, perto daqueles que têm que enfrentar autoridades municipais, estaduais e do executivo federal”.

No discurso, ao se dirigir ao presidente da Firjan, Eduardo Eugênio Gouvêa Vieira, defendeu ainda a aprovação da reforma da Previdência.

“Agora o problema que nós temos lá, prezado presidente, às vezes é dinheiro. Não podemos desenvolver muita coisa por falta de recurso, por isso precisamos da reforma da Previdência. Ela é salgada para alguns, mas estamos combatendo privilégios. Não dá para continuar mais, o Brasil nessa tremenda carga nas suas costas. Se não fizermos isso, [em] 2023, 23, 24 vai faltar recursos para pagar quem está na ativa.”

Fonte: G1