Com o fim das inscrições para o Exame do Nacional do Ensino Médio (Enem), começa um novo processo de certificação. A partir desta segunda-feira (20), interessados em realizar o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) 2019 já podem se inscrever.

As provas, que garantem um diploma de conclusão do primeiro ou do segundo grau para aqueles que não puderam concluir seus estudos na idade apropriada, será aplicada no dia 25 de agosto em 611 municípios do país.

Para solicitar a certificação do ensino fundamental, é preciso ter pelo menos 15 anos. Já para pedir o diploma do ensino médio, a idade mínima exigida é de 18 anos. Em ambos os casos, a inscrição é gratuita e pode ser feita até o dia 31 de maio, pelo página oficial do Encceja no site (veja aqui) do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Neste ano, o destaque entre as novidades do exame é a acessibilidade: pela primeira vez, o edital tem uma versão na Língua Brasileira de Sinais (Libras).

Além disso, o esquema de segurança durante a aplicação das provas será mais rígido. Por exemplo, todos os lanches serão revistados e quem deixar aparelhos eletrônicos emitirem sons durante o exame será eliminado.

Um detalhe positivo é que quem atingir a nota máxima em pelo menos uma das áreas de conhecimento, vai receber uma declaração de proficiência naquele setor. Sendo assim, o candidato será dispensado de fazer uma nova prova sobre a área em questão, caso precise voltar a fazer o exame nas próximas edições.

Fonte: Bahia Notícias