Insatisfeitos com a forma que estão sendo tratados pela empresa responsável pela concessão do Centro de Abastecimento de Ipirá, feirantes preparam uma manifestação para esta terça-feira (07), na Câmara de Vereadores de Ipirá.

Segundo eles, a empresa ainda não executou 10% das obras de melhoramento e já está cobrando dos feirantes, os valores correspondente ao aluguel dos boxes e crachás de identificação. A falta de movimento durante a semana no local, inviabiliza a comercialização dos produtos, forçando os ambulantes a migrarem para o centro da cidade.

Em nota enviada a redação do CN um dos representantes que pediu para não ser identificado, disse o seguinte:

“Nós barraqueiros e feirantes do Centro de Abastecimento, indignados com os valores que estão sendo cobrados, convocamos a população de Ipirá para ir conosco, até a Câmera de Vereadores nesta terça-feira (07) reivindicar nossos direitos. Será às 10hs no Centro Administrativo”.

O outro lado

Ao Ipirá Notícias, o secretário de administração da Prefeitura de Ipirá, Sandro Cintra, afirmou que a empresa responsável pela concessão do Centro de Abastecimento, não está autorizada a fazer qualquer tipo de cobrança dos feirantes, antes que seja concluído ao menos um terço da obra e, portanto, qualquer tipo de cobrança nesse momento é ilegal.

Neste momento eles estão autorizados a fazer o cadastramento dos boxes. Caso alguém tenha recebido alguma cobrança, essa pessoa deverá comparecer na prefeitura e registrar o ocorrido para que possamos averiguar e tomar as medidas cabíveis“, concluiu Sandro Cintra.

Ipirá Notícias com informações do Caboronga Notícias