A apresentadora Gloria Maria foi processada pela prefeitura do Rio de Janeiro por um dívida de IPTU de um imóvel no Leblon, no Rio de Janeiro. O condomínio também entrou na Justiça contra a famosa por ela não ter quitado valores referentes à mansão há alguns anos.

De acordo com Alessandro Lo-Bianco, do programa ‘A Tarde é Sua’, da RedeTV!, o primeiro processo está correndo na 21ª Vara Civil, e ela ainda não foi notificada. “Ela teria parado de pagar as taxas desde novembro de 2017 no valor de R$ 39.000. Os responsáveis pelo condomínio não querem audiência de conciliação, já que tentaram inúmeras formas de contato com a apresentadora. Eles pedem para que o juiz determine o valor de R$ 36.500”, explicou.

No outro processo, referente à prefeitura, que corre na 12ª Vara da Fazenda Pública, é pedido a penhora do imóvel. São diversas parcelas, com agravante maior já que não são pagas desde 2011.

Gloria teria deixado o imóvel por volta de 2016, mas até pouco tempo atrás a casa estava com o cadastro de Pessoa Jurídica dela. A prefeitura alega que a responsabilidade é da apresentadora porque, como foi dito, ela não respondeu às tentativas amigáveis de negociação.

Desde a divulgação da informação até a publicação desta matéria, Glória Maria não se posicionou sobre o assunto.

Fonte: Notícias ao Minuto

Compartilhe nas redes sociais!