A morte do cantor Gabriel Diniz causou grande repercussão nas redes sociais. O artista fazia muito sucesso em todo o Brasil com o hit “Jenifer”. O avião em que ele estava caiu nesta segunda-feira (27), na cidade de Estância, em Sergipe.

Gabriel Diniz fez show na cidade de Feira de Santana, na Bahia, no domingo (26), e viajava para Maceió, em Alagoas, onde faria uma surpresa para a noiva, que faz aniversário nesta segunda.

Diante da morte trágica, houve quem usasse o momento para fazer política. No Twitter, internautas teriam “comemorado” a morte do cantor por ele ter, supostamente, apoiado Jair Bolsonaro nas eleições do ano passado (veja abaixo).

“Pior que ver a morte precoce de um cara que era puro alto astral, no auge da carreira, como o Gabriel Diniz, é ver gente dizendo que ele era ‘bolsominion’ como se tivesse algum contexto pra falar isso. Infelizmente a galera tá doente, não há mais o que se esperar dessa sociedade”, comentou o humorista Bob Nunes, revoltado com as postagens de comemoração da morte do cantor.

“Muita gente celebrando a morte de Gabriel Diniz por ele ser supostamente Bolsominion. Meu Deus… Onde foi parar a empatia? Onde está o bom senso? O que aconteceu com esse país? A sociedade está podre! Nem tudo se resume a Lula e Bolsonaro. Parem de viver em função de políticos”, comentou outro internauta.

“Bolsominion” é a forma pejorativa que algumas pessoas usam para se referir aos eleitores do presidente Jair Bolsonaro. Apesar da falta de humanidade de algumas pessoas, outras demonstraram humanidade ao criticar quem age dessa forma em um momento como esse.

Fonte: 1news