O Presidente da ABOMPROCI – Associação dos Bombeiros Profissionais Civis de Ipirá, Manoel Hito, afirmou ao site Ipirá Notícias que são “mentirosas” as denuncias dirigidas contra ele, e disse que vai entrar com uma ação na justiça contra o autor da matéria

Na denuncia que foi publicada no site Tudo News e republicada pelo Ipirá Notícias, os denunciantes relataram que querem substituir o atual presidente da entidade em razão de “má gestão, perseguições e retaliações”, que estariam sendo praticadas por Manoel Hito, além do mesmo não está disponibilizando o Estatuto da entidade e certificados do curso NR 35 para os alunos que concluíram.

Sobre a reunião para avaliar a atuação dele como presidente, Manoel Hito afirmou a matéria é “mentirosa“. Segundo ele, houve uma reunião na sede da ABOMPROCI, dois dias antes da publicação da matéria, (no último dia 09), e por 8 votos a 4, os associados aptos a votar que estavam presente, optou pela permanência dele no cargo de presidente.

Conforme Manoel Hito, tudo está documentado na ata da reunião que, inclusive, foi convocada pelos denunciantes, e esse documento também conta com assinaturas destas pessoas confirmado a presença, e logo após a reunião, desligaram-se da ABOMPROCI.

Ainda segundo Manoel Hito, o estatuto rege que somente os associados fundadores da instituição podem votar para escolha do presidente.

Sobre os denunciantes alegarem não ter acesso ao estatuto da entidade, Manoel Hito afirmou que “o estatuto foi entregue à eles antes da reunião“, e “inclusive eles leram o documento”. No entanto, quando questionado se os membros tem copias do estatuto, Manoel Hito afirmou que eles não tem copias do documento, mas que o estatuto fica na sede da ABOMPROCI e os membros tem acesso.

Sobre os certificados, Manoel Hito afirmou que os mesmos ainda não foram entregues porque o curso não é apenas de NR35, é também um Curso de Salvamento e Resgate em Altura, e a última etapa não foi concluída porque houve problemas por falta de pagamento de algumas pessoas: “Quando na última aula da prática, que foi realizado na torre da Uzemix, desde de aquela oportunidade (em 2017), foi dito a eles […] que esse não é curso de NR35 apenas, é um curso de Salvamento Salvamento e Resgate em Altura. Pra me fornecer os certificados, eles teriam que fazer a última atividade, que foi marcada para a Pedra do Vaqueiro em Itaberaba, que era pra justamente fazer uma simulação de um salvamento, e aqueles que concluíssem essa etapa, receberiam os certificados. Teve um problema que uma grande parte não concluiu o pagamento do curso. Alguns pagaram, outros não. Então ficou eu tentando várias oportunidades […], e nunca conseguimos reunir toda turma”.

Afim de resolver o problema, Manoel Hito afirmou fez um comunicado que na última terça-feira (09), ele iria até o local em Itaberaba, esperar as pessoas que quisessem concluir a última etapa do curso, mas ninguém compareceu: “Fui, comuniquei no grupo da ABOMPROCI, aonde esses membro que se desligaram, estavam no grupo. Quando eu estava lá em Itaberaba, fiz uma foto comprovando minha presença no local, esperando quem quisesse fazer a última etapa. Levei todos equipamentos pra aguardar a presença deles, mas não compareceram”.

Por fim, Manoel Hito afirmou que vai entrar com uma ação na justiça contra o site Tudo News, pela divulgação da imagem dele, e também pela “matéria mentirosa“.

Compartilhe nas redes sociais!