Moradores da Rua Maria Quitéria, uma das mais tranquilas da cidade de Euclides da Cunha, no Nordeste da Bahia amanheceram chocados com o violento crime cometido por um individuo de prenome Conrado, praticado contra o próprio tio Martiliano, fato ocorrido na madrugada deste sábado (27), por volta das 04h, em uma residência de familiares.

Segundo informações, tio e sobrinho costumavam beber juntos e sempre acabava em discussão e até briga entre os dois, mas depois faziam as pazes e voltavam a se encontrar para fazerem uso de bebida alcoólica.

De acordo com o Site Euclides da Cunha, Conrado não era bem visto pela própria família de Martiliano, por ter comportamento desrespeitador. Martiliano, que residia na localidade de Lagoa Funda, meio rural de Euclides da Cunha, tinha chegado na cidade na sexta-feira (26), e se encontrou com Conrado e novamente saíram para fazer uso de bebida alcoólica.

Ainda de acordo com o portal, por volta de 04h da madrugada, vizinhos ouviram mais uma discussão entre ambos, que depois silenciou. Ao amanhecer, uma pessoa da família foi até o local onde eles se encontravam e, ao abrir a porta, deparou-se com o corpo de Martiliano caído ao chão e a cabeça com profundos golpes desferidos com uma barra de ferro.

A polícia militar foi chamada e prendeu em flagrante Conrado, apontado pelos próprios familiares como autor do homicídio. O mesmo foi conduzido para o Complexo Policial Civil, onde foi apresentado à autoridade de plantão, que aguarda a conclusão dos trabalhos periciais e formalidade da ocorrência para então ouvir testemunhas, inclusive familiares.

Equipe do Departamento de Polícia Técnica – DPT local foi deslocada para fazer a remoção do corpo para necropsia e posterior liberação aos familiares para sepultamento.

Calila Notícias com informações Euclides da Cunha.com