Não há nenhuma dor que se compare à perda de um ente querido. Não há nada que repare o sofrimento de ver alguém que amamos partir. Para quem fica, resta a saudade, a tristeza e a inconformidade. O tempo não irá apagar a dor e a saudade, mas certamente irá apaziguar e amenizar tamanho sofrimento.

Diante da morte não há nada que possamos fazer a não ser rezar. É preciso rezar por aquele que amamos e que partiu, para que descanse em paz e encontre a luz para continuar crescendo espiritualmente. Mas é preciso rezar também por aqueles que ficam, para que encontrem conforto e consigam enviar pensamentos de paz para quem agora já não está entre nós.

Queremos aqui expressar aos familiares, amigos e a toda comunidade ipiraense os nossos mais profundos sentimentos de tristeza e dor que se abateram entre nós com a partida trágica e repentina do nosso eterno colega Aníbal Ramos Aragão.

Descanse em paz companheiro.

Divanilson Mascarenhas, Itana Paula, André Luiz, Raimundo Pindobeira, Edmundo Azevedo, Heckel Oliveira, Laelson Neves, Edson Carneiro, Jaildo Souza, Caryl Oliveira, Deteval Brandão, Benedito Oliveira, Marcos Murilo, Carlinhos Simas, Weima Fraga e todos os funcionários dessa Casa Legislativa.