O empresário e empreendedor Adson Soares, que atualmente além da função de Presidente da CDL-IPIRÁ, exerce a representação no Conselho de Consumidores de Energia da Coelba, se filiou ao PDT, legenda liderada pelo presidente do partido e ex-prefeito Aníbal Ramos Aragão. 

Formado em engenharia civil, Adson Soares é primeiro e único Ipiraense até o momento a ser selecionado para os dois maiores programas nacionais de liderança, o Prolider e o RenovaBr.

Segundo Adson, o convite foi do próprio Aníbal e seria uma oportunidade de defender pautas importantes como a geração de Emprego e Renda para o município de Ipirá. A assinatura do termo de filiação aconteceu nesta quarta-feira (7).

Imagem: reprodução Instagram

Em entrevista ao Ipirá Notícias, Adson Soares falou sobre desavenças que teve com Aníbal no passado, e também sobre a possibilidade de disputar o pleito eleitoral de 2020. 

Confira a entrevista:

Qual o motivo que te levou a se filiar ao PDT?

Me filiei ao partido primeiramente pela história que o mesmo tem em defesa da causa trabalhista e pela trajetória do meu mentor político Leonel Brizola. Mas além do fator ideológico, me filiei em especial porque fui convidado pelo presidente do partido e ex-prefeito Aníbal Ramos Aragão e o seu vice presidente e meu amigo Hugo Baiano. Nos últimos tempos acabamos nos encontrando muito entre um evento e outro na cidade e sempre acabávamos discutindo sobre o cenário atual político de Ipirá e sobre quais intervenções deveriam ser feitas para retomarmos o caminho do desenvolvimento em nossa terra. Nossas visões são muito parecidas e concordamos sobre vários aspectos principalmente que precisamos urgentemente gerar Emprego e Renda para o nosso município.

Mas o que mais me chamou a atenção foi a visão de longo prazo que Aníbal me apresentou para Ipirá. Todos sabem do meu passado recente com Aníbal, mas dessa vez encontrei um Aníbal muito Maduro, consciente, mais técnico e com vontade de lutar pelo povo de Ipirá. Foi essa visão que me deixou confiante em me filiar ao PDT e realizar um grande trabalho junto ao partido.

Mas recentemente você e Aníbal tiveram algumas desavenças que o levaram a não apoia-lo na última disputa para prefeitura, podemos dizer então que seus problemas já foram resolvidos?

Aníbal e Eu sempre tivemos um bom relacionamento, divergimos na última eleição mas foi algo pontual. Já sentamos e resolvemos nossas diferenças como acredito que devemos conduzir o PDT, na base do diálogo. Posso garantir que nem eu e nem Aníbal lembramos mais o porque nós divergimos e isso se deve ao fato que estamos mais atentos ao futuro do nosso município.

Ipirá precisa de um programa estruturado para gerar empregos dando foco ao setor do Moda-Couro. É nisso que estamos concentrados e é por isso que desenvolveremos um belo trabalho a frente do PDT, porque só vamos gastar nossas energias no que for de interesse do Povo. Eu e Aníbal só vamos brigar agora se for por Ipirá (risos), posso garantir a todos ipiraenses.

Em 2020 será experiência do Vaqueiro com a Juventude do Comércio?

Ainda é cedo para afirmar qualquer coisa (Risos). Aníbal tem experiência e representa a figura do Vaqueiro fortemente identificado na zona rural. Eu sou jovem, com muita vontade de trabalhar, levanto já a certo tempo a bandeira do comércio, do emprego e da geração de renda, algo bastante identificado com a sede do município. Acredito que formaríamos uma boa dupla, seria a força da zona rural com a zona urbana, do campo com a sede, do Vaqueiro com o Empresário.

Estou na política para servir e se essa composição for a melhor para Ipirá, estarei a disposição. Mas reforço que a minha única preocupação agora é continuar desempenhando um bom trabalho a frente da CDL.