Após rusgas com o presidente Jair Bolsonaro (PSL) por causa dos indicadores de desmatamento, o diretor do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), Ricardo Galvão, decidiu deixar o cargo.

Segundo a emissora, Ricardo Galvão se reuniu com o ministro de Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, antes da decisão de sair do cargo. “Minha fala sobre o presidente gerou constrangimento, então eu serei exonerado”, justificou, em entrevista ao G1.

O presidente Jair Bolsonaro acusou o Inpe de mentir sobre dados de desmatamento e de estar “agindo a serviço de uma ONG”.

Foto: Divulgação

Por Bahia Notícias