Um vereador em Ipirá (BA), teve recentemente o seu paletó furtado na Câmara Municipal do município. O vereador que preferiu não divulgar o nome, disse que ao chegar na Câmara Municipal dirigiu-se ao seu gabinete, e como o dia estava encalorado ele resolveu retirar o paletó recentemente adquirido.

Segundo o edil, após retirar o elegante paletó, ele resolveu dar umas voltas pelas imediações da Câmara, que inclusive é vizinha do prédio da prefeitura.

Ainda segundo o vereador, ao sair, o prédio encontrava-se deserto. Não desejando demorar, e como os vizinhos são pessoas conhecidas.

Chegando a hora da sessão, o vereador relatou que após dirigir-se a prefeitura, no anexo, não demorando, ele voltou ao seu gabinete e não mais encontrou a elegante peça de roupa.

O edil afirmou que o furto ‘inusitado’ o deixou chateado, e ele ainda está pensando em prestar ou não queixa na delegacia de polícia local.

“Ainda não prestei queixa, não acho muito decente acontecer uma coisa destas em um ambiente de pessoas supostamente honestas”, declarou o edil, complementando: “Meu paletó era caro, comprei importado, no Feiraguai, mas o vendedor jurou que era Frances. Um absurdo, um político não está seguros contra o roubo de sua roupa, nem mesmo em seu gabinete, é o fim da picada”, disse o vereador, bastante chateado, dizendo que já adquiriu outra peça de roupa para substituir a que foi subtraída, mas agora, ao sair, não confia mais em deixar a porta do seu gabinete encostada.

Depois do incidente, o edil também relatou que está pensando em elaborar um projeto para que a câmara aprove o auxílio paletó, mas só no caso de roubo da peça, cara e obrigatória no horário das sessões parlamentares.

O edil também solicita que se alguém tiver conhecimento de que estejam oferecendo um paletó da cor preta e novo para venda, favor a pessoa entrar em contato com a secretaria da Câmara.

Por Orlando Santiago Mascarenhas
www.ipiranegocios.com.br