Os caminhoneiros autônomos ganharam um importante apoio do Governo Federal, que vai impactar diretamente o trabalho diário pelas estradas do país. O ministro da Cidadania, João Roma, entregou nesta quinta-feira (03.02), na cidade baiana de Luís Eduardo Magalhães, o kit do projeto Roda Bem Caminhoneiro. Já foram disponibilizadas 15 instalações, beneficiando 68 cooperativas de transportadores autônomos. Em média, cada estação custa R$ 180 mil.

O Roda Bem Caminhoneiro oferece assessoramento técnico, cursos de qualificação, software, site e aplicativo, além de escritórios-contêineres equipados com depósito, lavabo, notebook, smartphone e ar condicionado. Também há reservatório de óleo diesel com a primeira carga de 15 mil litros de combustível para alavancar o capital de giro das cooperativas.

“Estamos concretizando este projeto aqui em Luís Eduardo Magalhães. É o início de uma caminhada transformadora para todos os transportadores autônomos. Abre um horizonte em todas as searas, não apenas em condições de trabalho, em melhoria de acesso a implementos com preços menores, mas também em poder negociar cargas diretamente, sem fazer subcontratações, criando cada vez mais autonomia para cada um dos caminhoneiros”, ressaltou João Roma.

O projeto tem como objetivo estruturar e fortalecer um sistema cooperativo nacional para os caminhoneiros autônomos, em forma de rede e em parceria com as cooperativas selecionadas. O Governo Federal prevê o fomento a 100 cooperativas de transporte em 13 estados, com investimento de R$ 18 milhões. Desse total, R$ 5,8 milhões já foram aplicados.

“O que está por trás é um fundamento muito maior. Conseguimos incentivar e estimular o cooperativismo entre os transportadores autônomos. Isso faz com que eles tenham outra perspectiva, possam ir muito mais longe, sem ficar na dependência de uma grande transportadora”, avaliou o ministro da Cidadania.

Produtos como pneus, lubrificantes e peças poderão ser comprados a preços mais baixos, por meio de um aplicativo do projeto, que contará com uma central de compras digital. As cooperativas ficarão responsáveis pelas compras em larga escala, podendo vender aos caminhoneiros os produtos com preços mais competitivos.

Cidades que já receberam o kit do projeto:

  1. Campo Grande (MS)
  2. Canoas (RS)
  3. Castro (PR)
  4. Chapecó (RS)
  5. Dourados (MS)
  6. Ibirubá (RS)
  7. Itapoá (SC)
  8. Luís Eduardo Magalhães (BA)
  9. Luziânia (GO)
  10. Rio Verde (GO)
  11. Santo Antônio da Platina (PR)
  12. Serra (ES)
  13. Tapejara (RS)
  14. Vera (MT)
  15. Viana (ES)