As redes sociais em Ipirá ficaram em polvorosa com a informação que a prefeitura Ipirá pagou R$ 30.000,00 (trinta mil reais) para um palestrante participar da abertura da jornada pedagógica na manhã desta terça-feira, 22.

A palestra contratada pela prefeitura tinha a duração de 90 minutos e custou aos cofres públicos R$ 30 mil, isso em meio as várias reclamações da falta de transporte escolar, escolas abandonadas e falta de transparência com os profissionais da educação.

Por meio dos grupos de WhatsApp e demais redes sociais, ipiraenses estão questionado a gestão municipal sobre essa postura, já que vem alegando falta de recursos para garantir os benefícios para os professores e servidores da rede municipal de educação.

Em meio aos vários questionamentos envolvendo o valor pago pela palestra, os internautas recuperaram matérias divulgadas por vários sites de notícias envolvendo o nome do palestrante que foi acusado de receber propina enquanto cuidava da Secretaria da Educação, em São Paulo.

Chalita se enrola cada vez mais – Blog do Paulinho

As denúncias e o caso Gabriel Chalita – CartaCapital

Michel Temer negociou propina para Chalita, diz delator da Lava Jato | Brasil | EL PAÍS Brasil (elpais.com)