Caixa Econômica Federal anunciou a decisão de ampliar o prazo de financiamento pelo programa Casa Verde e Amarela. Passa de 30 para 35 anos. O tempo a mais para pagar deve facilitar a compra do imóvel, com parcelas mais adequadas ao orçamento das famílias.

Outra vantagem é a possibilidade de financiar um imóvel de valor mais elevado. Dessa forma, a novidade anunciada pela Caixa aumenta a capacidade de compras dos brasileiros que querem conquistar a casa própria.

Prazo de financiamento

De acordo com a Caixa Econômica, a medida que passa de 30 para 35 anos o prazo de financiamento é capaz de igualar o programa habitacional às demais operações do mercado.

A previsão é que os 5 anos a mais possam reduzir em até 7,5% o valor das parcelas. Outra novidade é que a lei que trata da ampliação do prazo autoriza ainda o uso do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) como caução nas parcelas do financiamento.

Todas as medidas anunciadas pela Caixa Econômica completam o pacote de melhorias no programa habitacional. Neste ano, a mudança nas faixas de renda ampliou o programa para mais brasileiros.

Veja como ficou a tabela, de acordo com o Conselho Curador do FGTS:

  • Faixa 1: mantida em R$ 2,4 mil;
  • Faixa 1,5: de R$ 2,6 mil a R$ 3 mil;
  • Faixa 2: de R$ 3 mil a R$ 4,4 mil;
  • Faixa 3: de R$ 4,4 mil a R$ 8 mil.

A Caixa Econômica Federal também anunciou mais uma possibilidade, que é a liberação para financiar imóvel de um quarto – antes era exigido pelo menos dois quartos. Quem tiver interesse em financiar um imóvel por meio do programa Casa Verde e Amarela deve procurar as construtoras e a Caixa.

Antes de contratar o financiamento habitacional, os brasileiros podem fazer uma simulação de como ficarão as parcelas de acordo com o valor do imóvel e a entrada. Assim é mais fácil programar o pagamento e ver quanto da renda da família ficará comprometida com a compra da casa própria.

Fonte: Edital Concursos Brasil