A pandemia global do coronavírus, mais uma vez, faz com que o Domingão do Faustão tome medidas de proteção. Dessa vez, os músicos que trabalham  no programa foram surpreendidos nos últimos dias com a rescisão dos contratos de trabalho de todos, afirmou o colunista Leo Dias, do site UOL.

(Foto: Reprodução / TV Globo)

De acordo com o jornalista, por conta da pandemia, a direção decidiu afastar todos que não tivessem contrato com a emissora. Isso valia para todos os músicos do dominical. Foram entre 15 e 20 pessoas comunicadas por telefone da suspensão de seus contratos.

Além da banda, as suspensões dos contratos atingiram também as produções da plateia.

Recentemente, cerca de 20 bailarinas do programa Domingão do Faustão estavam de quarentena. De acordo com o colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, uma integrante do grupo testou positivo para o novo coronavírus.

Além disso, pela primeira vez na história do programa, o Domingão do Faustão foi ao ar sem plateia, no dia 15 de março, apenas com o apresentador, Fausto Silva, bailarinas e alguns integrantes da produção.

Ainda conforme Leo Dias, para os próximos dois meses, a emissora optou por levar ao ar reprises do programa.

Fonte: Varela Notícias