Um jovem acusa ter sido agredido por homofobia após descer de um ônibus coletivo em Vitória da Conquista, no sudoeste. Até esta sexta-feira (14), o autor do crime ainda não foi encontrado. Segundo a TV Sudoeste, o caso foi registrado na Polícia Civil da cidade e é acompanhado pela seção local da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). As informações são do BNews.

De acordo com relato da vítima, que preferiu não se identificar, ele estava no mesmo ônibus que o agressor. Os dois conversavam normalmente. Quando eles desceram do veículo, o acusado o agrediu. De acordo com a Polícia, após agressão, o acusado fugiu.

A presidente da Comissão de Diversidade e Identidade de Gênero da OAB, Sandra Paiva, afirmou que em situações de homofobia, quem agride pode ser preso e pagar uma multa.

COMPARTILHE