A Operação Retomada, deflagrada na manhã desta segunda-feira (10) pela Polícia Civil, prendeu um segurança do Atakarejo e três traficantes que atuavam no Nordeste de Amaralina, em Salvador. As ordens de prisão foram solicitadas à Justiça pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA) na última sexta-feira (7).

De acordo com a Polícia Civil, além dessas prisões, mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos em residências e no estabelecimento comercial, também situado em Amaralina.

Foto: Alberto Maraux/ SSP-BA

“Aqui no supermercado estamos colhendo provas através de computadores, documentos, entre outros eletrônicos”, explicou a delegada responsável pela investigação, Zaira Pimentel.

CRIMES

O crime em questão ocorreu no último dia 26. Bruno e Yan Barros da Silva, respectivamente, tio e sobrinho, foram encontrados mortos, com sinais de tortura, dentro do porta-malas de um carro na comunidade da Polêmica.

Suspeitos de roubar carne no Atakarejo, eles foram flagrados por seguranças do supermercado que os teriam entregado a traficantes do Nordeste de Amaralina, segundo familiares. Depois de tentarem extorquir os parentes dos homens, os criminosos assassinaram os dois.

Além do Nordeste, as ações ocorrem simultaneamente nos bairros da Mata Escura, Fazenda Coutos e no município de Conceição de Jacuípe. Participam da operação equipes dos Departamentos de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), de Inteligência Policial (DIP), de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP), de Polícia Metropolitana (Depom), além da Coordenação de Operações da Polícia Civil, da Coordenação de Operações Especiais (COE), do Graer da Rondesp Atlântico, 40ª CIPM, Superintendência de Inteligência (SI) da SSP e Departamento de Polícia Técnica (DPT).

Fonte: Bahia Notícias