O vereador e presidente do Diretório Municipal do PSD de Ipirá (BA), Deteval Brandão, anunciou em seu discurso na sessão da Câmara Municipal, na manhã desta terça-feira (09/03) o rompimento da bancada do partido com o Deputado Jurandy Oliveira (PP).

De acordo com o pronunciamento do edil, Deteval, o deputado e a vice-prefeita Nina Gomes, interferiram na eleição da Mesa Diretora da Câmara, promovendo articulação do PP com a oposição, que dispensou os nomes do PSD na Casa Legislativa, compondo chapa com vereadores de oposição.

Ainda segundo Deteval, na eleição da Mesa, o vereador Rafael Teixeira (PP) saiu derrotado da disputa pela chapa do PSD encabeçada pelo vereador Jaildo do Bonfim.

Ainda, de acordo com Deteval, a interferência do deputado na referida eleição contribuiu para este rompimento. E que na ocasião, estava acordado entre os líderes do grupo (Antônio Collonezi, Diomario Sá, Jurandy Oliveira, Dudy e Nina Gomes) que não aconteceria interferências na eleição.

Em um trecho do pronunciamento, Deteval, enfatiza: ‘Sem raiva e sem magoas, quero deixar claro para a sociedade, já que os vereadores do PSD não serviam para o projeto do deputado Jurandy Oliveira e da vice Nina, também nós do PSD estamos rompendo com o deputado Jurandy Oliveira’, afirmou.

A decisão do vereador Deteval, certamente poderá ter importante influência no futuro dos vereadores Deteval Brandão, Nielson Buraem, Eki, Benedito do Leite, Miranda e Jaildo do Bonfim, além dos suplentes, para possíveis apoios partidários nas eleições de 2022.

Fonte: Ipirá Nogócios