Em um vídeo publicado nas redes sociais na manhã deste sábado (10), o advogado Dr. Ricardo Sampaio denunciou que a Secretaria de Saúde de Ipirá, Miriam Caldas, teria tomado a vacina contra a Covid-19, no dia em que tomou posse.

De acordo com Sampaio, após tomar posse no Elófilo Marques, a Dra. Miriam Caldas que também é advogada, dirigiu-se ao posto de vacinação e, lá tomou a vacina contra a Covid-19.

Ainda segundo Sampaio, além da secretária, outras duas pessoas da família dela também teria tomado a vacina. “Se isso realmente aconteceu, ela furou a fila de vacinação. Não somente ela. Ela, o esposo, e a irmã!

No vídeo, o advogado ressalta que embora esteja trabalhando na área de saúde, a secretária exerce função administrativa e por isso não deveria ter sido vacinada. “A vacina é para as pessoas indicadas pela politica pública de saúde e para àqueles profissionais de saúde que trabalham na linha no combate à Covid-19. É por isso que só na semana passada o secretario de saúde do estado foi vacinado […].”

A denúncia foi formulada junto ao Ministério Público, segundo Sampaio.

O outro fato intrigante relatado no vídeo foram as contratações do marido e da irmã da secretária. O marido serve como chefe de gabinete da secretária, enquanto a irmã atua como assistente social no Hospital Municipal de Ipirá, o que segundo a lei, configura-se como nepotismo.

Assista