A atitude incomum de uma mulher chamou atenção dos moradores da cidade de Bratislava, na Eslováquia. Ela decidiu transar com o ladrão de uma loja de conveniência para atrasá-lo até que a polícia chegasse.

Segundo informações da reportagem do The Sun, tudo aconteceu após o ladrão, de 24 anos, forçar um funcionário da loja entregar todo o dinheiro durante o assalto. Em seguida, a heroína, como está sendo chamada na cidade, entrou pela porta dos fundos, seduziu o assaltante e fez sexo oral nele para impedí-lo de fugir.

Enquanto isso, o funcionário da loja chamou a polícia. Os agentes chegaram ao local e econtraram a mulher e o ladrão deitados nus no chão. “Os policiais viram o homem recebendo serviços sexuais da mulher”, disse Michal Szeiff, o porta-voz da polícia de Bratislava.

O rapaz tentou resistir à prisão, mas foi levado pelas autoridades. De acordo com a mídia local, Sona disse a um policial: “Leve-o, não consigo mais.”

Por Varela Notícias