Equipes das polícias Civil e Militar realizaram, na manhã desta sexta-feira (17), a Operação Alagoinhas Livre II, contra uma facção que atua naquele município. Onze criminosos envolvidos com tráfico de drogas, homicídios, roubos, porte ilegal de arma de fogo e corrupção de menores foram presos. Mandados também foram cumpridos no Complexo Penitenciário da Mata Escura, em Salvador.

Foto: divulgação SSP

No município de Alagoinhas, cinco homens, apontados como homicidas e com mandados em aberto acabaram capturados pelas forças de segurança. Além deles, outras três pessoas terminaram presas em flagrantes com um revólver calibre 38, munições, meio quilo de maconha, uma porção de crack e duas motocicletas.

Em Salvador, três detentos que cumprem pena no Complexo Penitenciário da Mata Escura e continuam dando ordens para integrantes da facção, também foram alvos de ordens judiciais. Os oito presos (5 em Alagoinhas e 3 no presídio) que possuíam mandados, após depoimentos, passarão pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT) para exames e, em seguida, serão encaminhados para o sistema prisional.

Arma, munições e drogas também foram apreendidos. Três mandados foram cumpridos no Complexo de Mata Escura. Foto: divulgação SSP

“Importante destacar o somatório de forças entre as polícias Civil e Militar. Estamos irmanados na luta contra o tráfico de drogas”, destacou o diretor do Departamento de Polícia do Interior (Depin), delegado Flávio Góis.

Participaram da operação equipes da PC (Cati/Depin, COE, 1ª, 2ª, 3ª, 15ª e 25ª Coorpins) e da PM (Ceto do 4º BPM, Rondesp Leste e Cipe Litoral Norte).