Investigadores da Delegacia Territorial (DT), de Entre Rios, cumpriram, na quarta-feira (12), o mandado de prisão preventiva de um homem, suspeito de assassinar um soldado da Polícia Militar, em outubro de 2019.

A ordem judicial foi cumprida no município de Aramari, distante 120 quilômetros de Salvador.

O suspeito, que está à disposição da Vara Criminal, já havia sido preso anteriormente, por porte ilegal de arma de fogo, na cidade de Araçás.

COMPARTILHE